José Gregori I

Entrevista

José Gregori I

Entrevista realizada no contexto da pesquisa "Trajetória e Desempenho das Elites Políticas Brasileiras", parte integrante do projeto institucional do Programa de História Oral do CPDOC, em vigência desde sua criação, em 1975. A escolha do entrevistado se justificou pelos cargos de chefe de gabinete do Ministério da Economia, Fazenda e Planejamento, da Previdência Social, secretário particular do Ministério da Fazenda (1962-1963) e ministro da Justiça no governo FHC.
Forma de Consulta:
Entrevista em áudio disponível na Sala de Consulta do CPDOC.

Tipo de entrevista: Temática
Entrevistador(es):
Argelina Figueiredo
Data: 19/6/1983
Local(ais):
Rio de Janeiro ; RJ ; Brasil

Duração: 1h20min

Dados biográficos do(s) entrevistado(s)

Nome completo: José Gregori
Nascimento: 13/8/1930; São Paulo; SP; Brasil;

Formação: Graduado em Direito pela Universidade de São Paulo (1950)
Atividade: Embaixador do Brasil em Portugal.Advogado em seu próprio escritório (1955-1980); secretário particular do Ministério da Fazenda (1962-1963); advogado do Grupo Klabin (1967-1979); deputado estadual (1983-1986); chefe de gabinete do Ministério da Reforma Agrária (1987); chefe de gabinete do Ministério da Previdência Social (1988); chefe de gabinete do Ministério da Economia, Fazenda e Planejamento (1992); professor contratado da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1990-1993); secretário de Estado dos Direitos Humanos no Ministério da Justiça (1997); atualmente é presidente da Comissão de Direitos Humanos da Universidade de São Paulo; Ministro da Justiça (abr/2000-nov/2001); embaixador do Brasil em Portugal. *Entrevista ocorrida no ano de 2015.

Equipe

Levantamento de dados: Argelina Figueiredo;
Pesquisa e elaboração do roteiro: Argelina Figueiredo;

Técnico Gravação: Clodomir Oliveira Gomes;

Sumário: Cristiano Santiago de Sousa;

Temas

Frente Ampla (1967);
João Goulart;
Leonel Brizola;
Ligas camponesas (1955-1964);
Ministério da Fazenda;
Partido Trabalhista Brasileiro - PTB;
Plano Trienal de Desenvolvimento Econômico e Social (1963-1965);
San Tiago Dantas;
Sindicalismo;

Sumário

Entrevista: 19/06/1983

Fita 1-A: Trajetória política e profissional; o início da integração nas lutas políticas através das Ligas Camponesas; a integração ao PTB após a renúncia de Jânio Quadros; longos comentários sobre San Tiago Dantas: sua rápida ascensão e sua participação na Conferência de Punta del Este, seu primeiro contato com o entrevistado; breve menção à campanha do jornal O Globo contra San Tiago Dantas; a assistência dada pelo entrevistado a San Tiago Dantas; a nomeação do entrevistado para o subgabinete do Ministério da Fazenda (1963); as funções do subgabinete; a instalação do subgabinete no prédio do Banco do Brasil; menção sobre o contato com grupos empresariais, estudantis, com os sindicatos, com a Igreja e com a máquina administrativa; o contato com as indústrias em crise; a confiança no Plano Trienal como fator de estabilização; a reação dos sindicatos às propostas do Plano Trienal; a falta de apoio a João Goulart; San Tiago Dantas e a tentativa de "racionalização" do caos econômico; a relação de San Tiago Dantas com João Goulart; o papel do entrevistado na elaboração da Frente Única; menção às críticas de Leonel Brizola a San Tiago Dantas; os obstáculos à Frente Única.

Fita 1-B: Os objetivos políticos de João Goulart; os motivos do insucesso da Frente Única; as razões da queda de João Goulart; a posição do entrevistado contra a decretação do estado de sítio.
Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados