Sueli Carneiro I

Entrevista

Sueli Carneiro I

Entrevista realizada no contexto do projeto "História do Movimento Negro no Brasil", desenvolvido pelo CPDOC em convênio com o South-South Exchange Programme for Research on the History of Development (Sephis), sediado na Holanda, a partir de setembro de 2003. A pesquisa tem como objetivo a constituição de um acervo de entrevistas com os principais líderes do movimento negro brasileiro. Em 2004 passou a integrar o projeto "Direitos e cidadania", apoiado pelo Programa de Apoio a Núcleos de Excelência (Pronex) do Ministério da Ciência e Tecnologia. As entrevistas subsidiaram a elaboração do livro "Histórias do movimento negro no Brasil - depoimentos ao CPDOC." Verena Alberti e Amilcar Araujo Pereira (orgs.). Rio de Janeiro: Pallas; CPDOC-FGV, 2007. A escolha da entrevistada se justificou por ter coordenado o Programa da Mulher Negra do Conselho Nacional dos Direitos da Mulher e por ser uma das sócias fundadoras do Geledés Instituto da Mulher Negra.
Forma de Consulta:
Entrevista em áudio disponível na Sala de Consulta do CPDOC.
Entrevista em vídeo disponível na Sala de Consulta do CPDOC.
Entrevista publicada em livro.
Referência completa: Histórias do movimento negro no Brasil - depoimentos ao CPDOC. Verena Alberti e Amilcar Araujo Pereira (orgs.). Rio de Janeiro: Pallas; CPDOC-FGV, 2007.

Tipo de entrevista: Temática
Entrevistador(es):
Verena Alberti
Amilcar Araujo Pereira
Data: 20/7/2004
Local(ais):
São Paulo ; SP ; Brasil

Duração: 2h55min

Dados biográficos do(s) entrevistado(s)

Nome completo: Aparecida Sueli Carneiro
Nascimento: 24/6/1950; São Paulo; SP; Brasil;

Formação: Formada em filosofia pela Universidade de São Paulo, USP, é doutora em filosofia da educação pela mesma Universidade.
Atividade: Atuação no movimento negro. Coordenou o Programa da Mulher Negra do Conselho Nacional dos Direitos da Mulher. É uma das sócias fundadoras do Geledés Instituto da Mulher Negra. Fez parte do Conselho Estadual da Condição Feminina. Atualmente é diretora do instituto Geledés e Vice-presidente do Fundo Brasil de Direitos Humanos.

Equipe


Transcrição: Amilcar Araujo Pereira; ;

Técnico Gravação: Clodomir Oliveira Gomes; Marco Dreer Buarque;

Sumário: Luisa Quarti Lamarão;

Temas

Direitos humanos;
Discriminação racial;
Esquerda;
Família;
Feminismo;
Filosofia;
Movimento negro;
Mulher;
Pós - graduação;
Racismo;
Religiões afro-brasileiras;
Televisão;
Universidade de São Paulo;

Sumário

Entrevista: 20.07.2004

FITA 1-A
Origem familiar; trajetória escolar; a entrada para o curso de Filosofia da Universidade de São Paulo - USP (1972); lembranças da infância; origem da consciência racial da entrevistada; o início do envolvimento com o movimento negro: as reuniões do Centro de Estudos da Cultura e da Arte Negra - CECAN (1972).

FITA 1-B
Influência de Lília Gonzalez na militância da entrevistada; comentários sobre a criação do Coletivo de Mulheres Negras (1984); informações sobre as diferenças do surgimento do Coletivo e o Conselho de participação e desenvolvimento da Comunidade Negra; lembranças do ato nas escadarias do Teatro Municipal de São Paulo (1978); longos comentários sobre o mestrado incompleto (1982).

FITA 2-A
(Continuação) Comentários sobre o projeto de mestrado da entrevistada; informações sobre as atividades exercidas no Conselho Estadual da Condição Feminina; recordações sobre o convite para a coordenadoria do programa da mulher negra do Conselho Nacional dos Direitos da Mulher (1987); contexto da criação do Tribunal Winnie Mandela (1988); breve avaliação sobre o significado do ano de 1988 para o movimento negro; explicações sobre o nome Geledés; longos comentários sobre o projeto O poder feminino no culto aos orixás.

FITA 2-B
Longa caracterização do grupo Geledés; breves considerações sobre o projeto Afro-Ascendentes; longo balanço das atividades do Geledés.

FITA 3-A
Considerações sobre o programa de Saúde do Geledés; discussão sobre a presença de negros nas telenovelas brasileiras; participação do Geledés no Encontro Estadual de Mulheres Negras no Rio de Janeiro (19??); origens do grupo Articulação Nacional de ONGs de Mulheres Negras; participação do Geledés no Encontro Nacional de Entidades Negras - ENEN (1991); comentários sobre a importância política da Marcha Zumbi dos Palmares pela Cidadania e a Vida (1995); posicionamento da entrevistada em relação à ação afirmativa e ao sistema de cotas; participação da entrevistada no Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social.

FITA 3-B
Composição do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social; avaliação das atividades do Geledés; opinião sobre a Lei 10.639; comentários sobre a atuação da Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial - SEPPIR; informações sobre a família da entrevistada; balanço da dinâmica do movimento de mulheres negras.
Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados