Walter Tolentino Álvares

Entrevista

Walter Tolentino Álvares

Entrevista realizada no contexto do projeto "Memória do setor de energia elétrica: fase pré-operacional da Eletrobrás (1953 a 1962)", na vigência do convênio entre o CPDOC-FGV e o Centro da Memória da Eletricidade no Brasil (1987-88). Informações sobre o acervo produzido no contexto deste projeto podem ser obtidas em "Programa de História Oral da Memória da Eletricidade: catálogo de depoimentos" (Rio de Janeiro, Centro da Memória da Eletricidade no Brasil, 1990). A escolha do entrevistado se justificou por ser ex-diretor da Eletrobrás, entre outros.
Forma de Consulta:
Entrevista datilografada disponível na Sala de Consulta do CPDOC.

Tipo de entrevista: Temática
Entrevistador(es):
Plínio de Abreu Ramos
Data: 31/7/1987
Local(ais):
Belo Horizonte ; MG ; Brasil

Duração: 2h0min

Dados biográficos do(s) entrevistado(s)

Nome completo: Walter Tolentino Álvares
Formação: Bacharel em Direito.
Atividade: Jornalista no Serviço de Informações do Hemisfério (departamento de imprensa da Embaixada Norte-Americana);gerente da Reuters do Brasil;advogado de companhias de eletricidade; advogado da Cemig; diretor da Eletrobrás (1962-1964).

Equipe

Levantamento de dados: Plínio de Abreu Ramos;Heloísa Fesch Menandro;
Pesquisa e elaboração do roteiro: Plínio de Abreu Ramos;Heloísa Fesch Menandro;

Conferência da transcrição: Plínio de Abreu Ramos;Heloísa Fesch Menandro;

Copidesque: Lenice Araújo de Oliveira;

Técnico Gravação: Clodomir Oliveira Gomes;

Sumário: Heloísa Fesch Menandro;

Temas

Centrais Elétricas de Minas Gerais;
Código de Águas;
Direito;
Eletrobrás;
Empresas estatais;
Energia elétrica;
Lucas Lopes;
Política energética;
Walter Tolentino Álvares;

Sumário

1ª Entrevista: a vinda de Salvador para o Rio: os contatos com a Light; jornalista na Embaixada dos EUA; gerente da Reuters do Brasil; as atividades como jornalista na adolescência em Salvador e no Rio; o interesse pela história do Brasil; o casamento e a ida para Minas (1947); o ingresso no setor energético: advogado de companhias de eletricidade na Secretaria de Agricultura de Minas Gerais; diretor da Companhia de Eletricidade do Alto Rio Doce - CEARD e da Companhia de Eletricidade do Alto Rio Grande - CEARG ; Lucas Lopes e a criação das Centrais Elétricas de Minas Gerais S.A. - Cemig (1952); advogado da Cemig; importância da Cemig: considerações sobre as sociedades de economia mista; o poder das companhias estatais; a importância da Eletrobrás: o Código de Águas de 1934; o Imposto Único de Energia Elétrica e o Fundo Federal de Eletrificação - FFE; o BNDE e o Fundo Federal de Eletrificação; o problema do repasse do FFE do BNDE para a recém criada Eletrobrás (1962); as dificuldades iniciais da Eletrobrás; a Lei 4.156 de 1962 e as "obrigações" da Eletrobrás; a publicação do primeiro livro (1955); os estudos sobre direito da eletricidade; as forças de resistência à criação da Eletrobrás; a constituição da Eletrobrás; o primeiro e o segundo Grupo de Trabalho e a participação do entrevistado (1961-1962); o papel do ministro Gabriel Passos; influência da Cemig na Eletrobrás; a idéia da Tarifa Única no Primeiro Grupo de Trabalho; a criação da Consultoria Jurídica da Cemig (1962) e sua extinção (1979); a monografia Nacionalização do trabalho (1962); diretor da Eletrobrás (1962-1964); a posição do entrevistado; a posse de Marcondes Ferraz na presidência da Eletrobrás; o Código de Águas (1934) e a revisão dos contratos de concessão; Alfredo Valadão, Juarez Távora; as idéias de socialização da energia elétrica; "a doutrina da fonte de energia primária internacional"; a questão dos custos na geração de energia elétrica; as linhas de transmissão; a diversificação e a média de demanda; a especialização por estágio e o exemplo de outros países; os critérios utilizados para autorização das concessões no passado; a questão tarifária; a Eletrobrás como empresa holding; a Semana da Energia Elétrica em São Paulo (1956); opinião do entrevistado sobre as grandes usinas hidrelétricas; as empreiteiras: o direito da eletricidade no Brasil e a obra do entrevistado.
Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados