Zacarias Sytonio

Entrevista

Zacarias Sytonio

Entrevista realizada no contexto do projeto "História política da Paraíba: constituição de acervo", desenvolvido em convênio com a Universidade Federal da Paraíba, entre maio de 1978 e agosto de 1980. O projeto previu um intercâmbio das entrevistas produzidas por cada uma das instituições. Esta entrevista foi realizada pela equipe da UFPB e incorporada ao acervo do CPDOC. A escolha do entrevistado se justificou porque foi prefeito de Princesa Isabel, no Estado da Paraíba.
Forma de Consulta:
Entrevista datilografada disponível na Sala de Consulta do CPDOC.

Tipo de entrevista: Temática
Entrevistador(es):
Maria Antônia Alonso Andrade
Humberto Cavalcanti de Mello
Data: 5/9/1980
Local(ais):
João Pessoa ; PB ; Brasil

Duração: 3h10min

Dados biográficos do(s) entrevistado(s)

Nome completo: Zacarias Sytonio
Formação: Não possui nem grau primário.
Atividade: Tabelião público;prefeito de Princesa Isabel (Paraíba).

Equipe


Copidesque: Terezinha de Jesus Ramalho Pordeus;

Técnico Gravação: Clodomir Oliveira Gomes;

Temas

Cangaço;
Coronelismo;
Elites políticas;
Governo estadual;
João Pessoa;
José Américo de Almeida;
José Pereira dos Santos;
Paraíba;
Política estadual;
Política municipal;
Política nacional;
Revolta de Princesa, PB (1930);
Revolução de 1930;
Zacarias Sytonio;

Sumário

Fita 1: origem; filiação; atividades da família; entrada na política; Prefeitura de Princesa; partidos políticos; ligação de parentesco com José Pereira; ligações de José Pereira com os políticos locais; influência política da família Pereira; Epitácio Pessoa e suas relações políticas com José Pereira; os estudos de José Pereira; seus colegas; seus irmãos; prestígio político de José Pereira com outros dirigentes; escolha de João Pessoa para presidente do estado; João Pessoa e Suassuna; a não-indicação de José Pereira para vice-presidente do estado; atrito das famílias Pereira e Pessoa; o incêndio das propriedades dos Cavalcanti pelos Pessoa de Queiroz; o assassinato do Dr. Bandeira Filho pelo sobrinho de João Pessoa; amizade de José Pereira e João Pessoa; audiência de José Pereira com o Presidente João Pessoa; detalhes sobre o assassinato do Dr. Bandeira Filho; alusão ao combate do cangaço no governo de Suassuna; diálogo de João Pessoa e José Pereira sobre o desarmamento; sucessão nacional; exclusão de Suassuna da chapa; visita de João Pessoa a Princesa durante a campanha eleitoral; discussão sobre a formação de chapa federal; telegrama de Suassuna a José Pereira; rompimento definitivo de José Pereira com João Pessoa; notícia da chegada de forças policiais à Princesa; novas alusões ao relacionamento de José Pereira com os Pessoa de Queiroz; atividade comercial dos Pessoa de Queiroz; a política tributária do governo; outras medidas; reação de José Pereira às medidas .........................................1 a 20

Fita 2: imposto de "barreira" e suas implicações; posição de Nominando Diniz em relação a João Pessoa; ligações de José Pereira com o governo de Pernambuco; as causas do rompimento definitivo; auxílio do comércio e governo de São Paulo e José Pereira; a Revolução de 1930; alusões ao Padre Cícero e Lampião; apoio dos governos do Ceará e Rio Grande do Norte a José Pereira; apoio da Comissão Executiva do Partido à exclusão de Suassuna da chapa; retirada do nome de Deus da Constituição Estadual; João Pessoa e sua política à classe alta; influência da família Pessoa no governo; a família Ribeiro; isenção de impostos para implantação de fábricas; José Américo e o rompimento; posição do governo federal em relação ao rompimento; avaliação de importância do telegrama de Epitácio no rompimento; a intervenção no estado; repercussão do rompimento; a liderança de José Pereira em Princesa; fatos demonstrativos da justeza de José Pereira; repercussão do movimento nos estados vizinhos; outros coronéis aliados de José Pereira no sertão e o tipo de ajuda; a transformação do movimento político em luta armada; o início da luta armada; a arregimentação de homens e armas; o acesso à Princesa durante a luta; comportamento de José Pereira diante da morte de João Pessoa; combate de José Pereira a Lampião; outros fatos da luta ..................................................................................................................20 a 41

Fita 3: origem das munições e dinheiro para a luta; dificuldades na obtenção; outras ajudas externas; alusões à possível invasão a outros municípios; posicionamento de Tenente Arruda; retirada das autoridades municipais de Princesa; tentativa de João Suassuna para evitar a luta armada; a chegada do Exército a Princesa; relacionamento de José Pereira com as Forças Armadas; comportamento de Álvaro de Carvalho; José Américo no governo do estado; deposição das armas do pessoal de José Pereira; saída para o município de Triunfo; chegada da Polícia e saída de José Pereira para Flores; adesão do Exército à Revolução; fuga de José Pereira; perseguição à família; Nominando em Princesa; volta de José Pereira com a anistia; Argemiro de Figueiredo como interventor; garantias na volta de José Pereira; a festa; relacionamento de José Pereira com Rui Carneiro; alusões à pessoa de José Pereira; considerações sobre possíveis mudanças nas estruturas do Estado e a vida política após a Revolução; posicionamento de José Pereira após o Estado Novo; PSD, partido escolhido; apoio da família Pereira à candidatura de José Américo; o entrevistado e seu trabalho como tabelião; atuação do deputado Antônio Nominando; o entrevistado como prefeito de Princesa pelo PL; as eleições; atuações administrativas; a multiplicação dos municípios nos anos 50 ..........................................................................................................................41 a 61

Fita 4: recurso eleitoral para deputado estadual; atuação do entrevistado como deputado; novas alusões à atuação como prefeito de Princesa; situação atual fora da política; benefícios públicos em Princesa; agradecimentos e doação da entrevista ...................61 a 66

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados