Imagens do Acervo

  • Capa da publicação de Artur Hehl Neiva, "A imigração na política brasileira de povoamento". Rio de Janeiro, 1950. (Arq. AHN f07)

  • Foto de Artur Hehl Neiva. S.l., s.d. (Arq. AHN foto 001)

Artur Hehl Neiva

Sigla: AHN

Dados Biográficos

Titular: Artur Hehl Neiva

Filiação: Artur Neiva e Justina Hehl Neiva

Nascimento: 9/6/1909, Rio de Janeiro, RIO DE JANEIRO, Brasil

Cônjuge: Beatriz Vaccani Neiva

Falecimento: 9/10/1967, Rio de Janeiro, RIO DE JANEIRO, Brasil

Formação Acadêmica

  • Ensino Superior (graduação), Engenharia, Escola Politécnica, Rio de Janeiro, 1929
  • Ensino Superior (graduação), Engenharia, Escola de Engenharia, Rio de Janeiro, 1934
  • Ensino Superior (graduação), Direito, Faculdade de Direito, Niterói (RJ), 1937

Principais Atividades

  • Chefe de gabinete, Secretaria de Agricultura de São Paulo 1930,1931
  • Membro, Conselho de Imigração e Colonização 1938,1947
  • Secretário-geral, Fundação Brasil Central 1944,1948
  • Assessor, Presidência da República 1951,1952
  • Professor, Pontifícia Universidade Católica-PUC (RJ) 1958,1966
  • Vice-diretor, Pontifícia Universidade Católica-PUC (RJ) 1959,1963

Outras Atividades

Secretário da Interventoria da Bahia (1931); inspetor federal de ensino secundário (1931-1937); diretor de administração do Departamento Federal de Segurança Pública (1932-1942 e 1950-1951), tendo atuado como diretor geral de expediente e contabilidade da Polícia Civil do DF (1934-1937); membro das comissões interministeriais de reforma da legislação imigratória (1934) e de elaboração das leis sobre entrada, fixação, naturalização e expulsão de estrangeiros (1938), entre outras; vice-presidente e chefe da delegação brasileira de seleção de deslocados de guerra na Europa (1946-1947); assistente responsável pelo setor de combustíveis e diretor da secretaria da Coordenação da Mobilização Econômica (1942-1944); várias vezes presidente em exercício da Fundação Brasil Central; conselheiro do Comitê Intergovernamental para as Migrações Européias-CIME para a América Latina (1952-1956); professor e vice-diretor da Escola de Sociologia e Política da PUC-RJ; secretário executivo da Comissão Fullbright no Brasil (1963-1967); organizador da 3ª seção, "Migrações Internas", da Conferência Mundial de População em Belgrado, sob o patrocínio da Organização das Nações Unidas-ONU (1965). Autor de inúmeros artigos sobre imigração, colonização e demografia e do livro "Deslocados de guerra. A verdade sobre sua seleção", publicado em 1949.

Documentos Textuais

  • Manuscritos - 2806

Documentos Impressos

  • Livros - 40
  • Capítulos de Livros - 19
  • Periódicos - 9
  • Exemplares de Periódicos - 35
  • Artigos de Periódicos - 7

Documentos Audiovisuais

  • Iconografia
    • foto - 27

Análise da Documentação

DOCUMENTOS TEXTUAIS: o arquivo está organizado em 5 séries: DOCUMENTOS PESSOAIS, ATIVIDADES PÚBLICAS, PRODUÇÃO INTELECTUAL, DIVERSOS E RECORTES DE JORNAIS. O arquivo possibilita a reconstituição das principais atividades públicas e privadas do titular, fornecendo subsídios para o estudo da imigração no Brasil entre as décadas de 1930 e 1950. Inclui registros relativos a sua atuação à frente da Diretoria Geral do Expediente e Contabilidade da Polícia Civil do Distrito Federal, compreendendo relatórios das atividades da diretoria com dados estatísticos sobre entrada e saída de estrangeiros, processos de naturalização e expulsão, traduções de legislação estrangeira sobre imigração e anteprojeto que regula a entrada de estrangeiros em território nacional. A documentação referente ao Conselho de Imigração e Colonização é composta, basicamente, de resoluções do Conselho deliberando sobre questões relativas à imigração, à colonização e à concentração de estrangeiros no país. Constam ainda informações sobre os trabalhos da delegação brasileira de seleção de Deslocados de Guerra na Europa. No que diz respeito às atividades de Artur Hehl Neiva na Coordenação da Mobilização Econômica, o arquivo reúne registros sobre a atuação do Estado no controle e regulamentação de diversos setores e serviços da economia do país durante a Segunda Guerra Mundial, em especial no setor de combustíveis. O material correspondente à Fundação Brasil Central é residual, merecendo destaque o trabalho "The Central Brazil Foundation: What it is, What it does, What it plans", de maio de 1946, de autoria do titular. Os documentos referentes ao Comitê Intergovernamental para as Migrações Européias-CIME contêm informações sobre a imigração e fixação de refugiados de guerra na América Latina. Encontram-se também registradas as atividades do titular como secretário executivo da Comissão Fullbright no Brasil e professor da Escola de Sociologia e Política da PUC-RJ. Integram ainda o arquivo cerca de 530 "papers" da Conferência Mundial de População (1965), bem como estudos, artigos e trabalhos de autoria do titular e de terceiros. Período abrangido: 1931-1967). DOCUMENTOS AUDIOVISUAIS: o material diz respeito a fotografias de famílias de imigrantes, anexas a processos de imigração do Comitê Intergovernamental para as Migrações Européias, além de retratos do titular. Período abrangido: 1952.

Descrição do Conteúdo das Séries

Atividade pública
1934 a 1966 1496

Diversos
1945 a 1967 1202

Documentos pessoais
1931 a 1967 12

Fotografias
1930 a 1965 27

Produção intelectual
1942 a 1966 96

Recortes de jornais
0