Imagens do Acervo

  • Caricatura de Bertoldo Klinger. S.l, S.d.(Arq. BK ger 00.00.00/8)

  • Retrato de Bertoldo Klinger. S.l., entre 1911/1931. (Arq. BK foto 003/1)

  • Página de abertura do livro "É porque é", escrito por Bertoldo Klinger com o intuito de explicar sua participação na Revolução de 1924. (82.94 K65e Bb/Cpdoc)

  • Página de abertura do livro "Ortografia Simplificada Brazileira" publicado por Bertoldo Klinger em 1940. (801.1 (81) k650 Bb/Cpdoc)

  • Bertoldo Klinger (fardado) com seus pais e irmãos. S.l., entre 1899/1907. (Arq. BK foto 001/2)

  • Bertoldo Klinger (à frente) e suas tropas durante as manobras de Nioaque que reviveram a Retirada de Laguna. S.l, s.d. (Arq. BK foto 009/16)

  • Bertoldo Klinger e sua esposa Leopoldina Klinger. Rio de Janeiro, mar/1931. (Arq. BK foto 007)

Bertoldo Klinger

Sigla: BK

Dados Biográficos

Titular: Bertholdo Klinger

Filiação: Antônio Klinger e Susana Ritter

Nascimento: 1/10/1884, Rio Grande, RIO GRANDE DO SUL, Brasil

Cônjuge: Leopoldina de Almeida Klinger

Falecimento: 31/1/1969, Rio de Janeiro, RIO DE JANEIRO, Brasil

Principais Atividades

  • Redator-chefe, A Defesa Nacional 1913,1915
  • Fundador, A Defesa Nacional 1913,1913
  • Redator-chefe, A Defesa Nacional 1918,1920
  • Adido militar, Embaixada do Brasil no Peru 1921,1922
  • Chefe, Estado-Maior do 1º Grupo de Regiões Militares 1930,1930
  • Chefe de polícia, Governo do Distrito Federal 1930,1930
  • Comandante, Região Militar, 2ª 1932,1932

Outras Atividades

Chefe das tropas legalistas que combateram a Coluna Prestes em Mato Grosso (1925); chefe do estado-maior dos contingentes do Distrito Federal comprometidos com a Revolução de 1930; comandante da Circunscrição Militar de Mato Grosso (1931-1932); autor de diversos livros, entre os quais "Narrativas autobiográficas" (1944-1943) e "Parada e desfile" (1958).

Documentos Textuais

  • Manuscritos - 2508

Documentos Impressos

  • Livros - 26
  • Capítulos de Livros - 1
  • Periódicos - 8
  • Exemplares de Periódicos - 22
  • Artigos de Periódicos - 1

Documentos Audiovisuais

  • Iconografia
    • cartão postal - 1
    • cartão postal + foto - 3
    • foto - 96

Análise da Documentação

DOCUMENTOS TEXTUAIS: O arquivo está organizado em 10 séries: CORRESPONDÊNCIA GERAL, É PORQUE É, FAMÍLIA RITTER, NARRATIVAS AUTOBIOGRÁFICAS, ORTOGRAFIA SIMPLIFICADA BRASILEIRA, PARADA E DESFILE, OS REZINGÕES, SÊ & SÊ, DOCUMENTOS EM ALEMÃO e RECORTES DE JORNAIS. O arquivo reúne expressivo material sobre a Revolução de 1932, desde os antecedentes até o armistício, havendo do período anterior apenas alguns registros relativos à Coluna Prestes. Os documentos correspondentes ao exílio de Bertoldo Klinger após a Revolução de 1932 tratam particularmente das tentativas de rearticulação das forças constitucionalistas e das disputas entre os exilados pela chefia do movimento. Sobre a conjuntura política da década de 1960, figuram alguns registros analisando as conseqüências do comício de 13 de março de 1964 além de cartas do titular ao presidente Costa e Silva sugerindo alterações no texto do Ato Institucional nº 1. Encontram-se também os originais, com a respectiva correspondência, das seguintes obras de Klinger: "É porque é", "Uma família Ritter no Brasil desde 1846", "Narrativas autobiográficas", "Ortografia simplificada brasileira", "Parada e desfile", "Os rezingões" e "Sê & sê". Período abrangido: 1880-1968. DOCUMENTOS AUDIOVISUAIS: as fotografias apresentam informações esparsas sobre a trajetória do titular. O maior volume de registros corresponde às cenas da filmagem de "Manobras de Nioac", que reconstitui a Retirada da Laguna, com a participação de Bertoldo Klinger e de tropas da Circunscrição Militar de Mato Grosso. As demais fotografias dizem respeito, entre outros temas, ao titular como adido militar no Peru e à sua vida familiar. Período abrangido: 1899-1934. DOCUMENTOS IMPRESSOS: o arquivo compreende as obras do titular "É porque é" (1928), "Nós e a ditadura" (1932), "Manobras de Nioac" (1923), "Memorial de 9 de Julho de 1932" (1934), "Narrativas autobiográficas" (1944-1953), "Parada e desfile" (1958), "Sê & sê" (1962) e "Uma família Ritter no Brasil desde 1846" (1965). Inclui também farto material sobre seu projeto de reforma ortográfica, constando da "Ortografia simplificada brasileira" (1940), seus suplementos, diversas traduções nas quais a nova ortografia foi adotada e a coleção completa de Ô-Sê-Bê. Possui ainda alguns números de periódicos, destacando-se "A Defesa Nacional", do Rio de Janeiro. Período abrangido: 1887-1981.

Descrição do Conteúdo das Séries

Documentos complementares
1980 a 1981 3

Documentos em alemão
1853 a 1969 148

Documentos pessoais
1880 a 1955 61

É porque é
1928 a 1928 7
Originais do livro escrito por Bertoldo Klinger e correspondência relativa a sua produção e publicação (1928).

Família Ritter
1946 a 1968 203
Originais do livro escrito por Bertoldo Klinger e correspondência relativa a sua produção e publicação (1965).

Fotografias
1899 a 1968 100
Apresentam informações esparsas sobre a trajetória do titular. O maior volume de registros corresponde às cenas da filmagem de "Manobras de Nioac", que reconstitui a Retirada da Laguna, com a participação de Bertoldo Klinger e de tropas da Circunscrição Militar de Mato Grosso. As demais fotografias dizem respeito, entre outros temas, ao titular como adido militar no Peru e à sua vida familiar.

Geral
1909 a 1968 1524
Correspondência sobre a Revolução de 1932, desde os antecedentes até o armistício, havendo do período anterior apenas alguns registros relativos à Coluna Prestes. Os documentos correspondentes ao exílio de Bertoldo Klinger após a Revolução de 1932 tratam particularmente das tentativas de rearticulação das forças constitucionalistas e das disputas entre os exilados pela chefia do movimento. Sobre a conjuntura política da década de 1960, figuram alguns registros analisando as conseqüências do comício de 13 de março de 1964 além de cartas do titular ao presidente Costa e Silva sugerindo alterações no texto do Ato Institucional nº 1.

Narrativas autobiográficas
1944 a 1963 127
Originais dos volumes escrito por Bertoldo Klinger e correspondência relativa a sua produção e publicação (1944-1953).

Ortografia simplificada brasileira
1924 a 1970 226
Projeto da reforma ortográfica proposta por Bertoldo Klinger, originais do livro escrito e correspondência relativa a sua produção e publicação (1904). Constam ainda os suplementos, diversas traduções nas quais a nova ortografia foi adotada e a coleção completa de Ô-Sê-Bê.

Os rezingões
1950 a 1962 37
Originais dos volumes escrito por Bertoldo Klinger e correspondência relativa a sua produção e publicação.

Paradas e desfile
1957 a 1959 77
Originais dos volumes escrito por Bertoldo Klinger e correspondência relativa a sua produção e publicação (1958)

Se e se
1950 a 1965 91
Originais dos volumes escrito por Bertoldo Klinger e correspondência relativa a sua produção e publicação (1962).

Sem data
4