Imagens do Acervo

  • Ata da 1ª sessão ordinária da Comissão Executiva da Defesa da Borracha quando foi aprovada a composição da mesma e seu regimento interno. (Arq. CEDB 1947.11.27)

Comissão Executiva de Defesa da Borracha

Sigla: CEDB

Documentos Textuais

  • Manuscritos - 354

Histórico

A Comissão Executiva de Defesa da Borracha foi criada pela Lei nº 86, de 8 de setembro de 1946, como resultado da I Conferência Nacional da Borracha, realizada no mesmo ano, com o objetivo de impedir o iminente colapso da economia do produto em virtude da crise de superprodução do pós-guerra. A Comissão ficou sob a jurisdição do Ministério da Fazenda e, a partir de 1961, do Ministério da Indústria e Comércio, sendo transformada em Conselho Nacional da Borracha pela Lei nº 5.227, de 18 de janeiro de 1967, que criou a Superintendência da Borracha. A Comissão da Borracha exercia ação direta junto aos produtores de borracha vegetal e sintética, à indústria e ao comércio importador e exportador. Operava com o Banco da Amazônia S.A., com a Cacex, a Sumoc e o Conselho de Política Aduaneira, dentre outros. Seu objetivo principal era traçar a política da economia gomífera nacional de modo a garantir o preço e o consumo do produto. Tinha ainda como atribuições mais importantes o planejamento e a organização do mercado interno, o controle da importação e da exportação, a fixação dos preços dos produtos, o incentivo e o incremento da produção nacional visando a substituição de importação, e a programação do suprimento e do consumo de borracha vegetal e sintética.

Análise da Documentação

DOCUMENTOS TEXTUAIS: Organição cronológica. O arquivo é constituído de cópias de atas das reuniões de trabalho da Comissão. Os documentos, de caráter técnico e econômico, retratam a atuação desse órgão no sentido de subsidiar uma política governamental de amparo e defesa da borracha e seu subprodutos. Período abrangido: 1947-1967.

Descrição do Conteúdo das Séries

Diversos
1947 a 1967 354