Imagens do Acervo

  • Ficha de inscrição de sócio do "Club 3 de Outubro" de Pedro Ernesto Batista. S.d. (Arq. CO d Fichas Inscrição)

  • Ficha de inscrição de sócio do "Club 3 de Outubro" de Filinto Muller. S.d. (Arq. CO d Fichas Inscrição)

  • Panfleto do "Club 3 de Outubro". Bahia, 21/06/1932. (Arq. CO d Panfleto)

  • Panfleto do "Club 3 de Outubro". Bahia, 21/06/1932. (Arq. CO d Panfleto)

  • Ernani e Augusto do Amaral Peixoto, entre outros, durante reunião do Clube 3 de Outubro na sede do Jornal do Comércio. Rio de Janeiro, 1931. (Arq. CO foto 001)

  • Juarez Távora, Oswaldo Aranha e outros, por ocasião das reuniões do Clube 3 de outubro. Rio de Janeiro, entre 1932/1933. (Arq. CO foto 002/2)

Clube 3 de Outubro

Sigla: CO

Documentos Textuais

  • Manuscritos - 874

Documentos Impressos

  • Livros - 3

Documentos Audiovisuais

  • Iconografia
    • foto - 8

Histórico

O Clube 3 de Outubro constituiu-se como uma organização de caráter político em fevereiro de 1931 com o objetivo de defender os princípios da Revolução de 1930, ameaçados, segundo os "tenentes", pelas oligarquias remanescentes. Apesar de congregar em seus quadros um grande número de militares, o Clube reunia também os chamados "tenentes" civis identificados com a causa revolucionária, como Oswaldo Aranha, Pedro Ernesto Batista e outros. Com sede no Rio de Janeiro e representação em vários estados da Federação, o Clube funcionava como "grupo de pressão", tendo exercido durante um certo período forte influência na política nacional. Ao contrário dos políticos que defendiam a volta à normalização constitucional e à vida partidária, os "tenentes" do Clube pregavam o saneamento do meio político, a estatização da economia e maior centralização política. Em abril de 1931, com o afastamento do seu primeiro presidente, Pedro Aurélio de Góis Monteiro, designado para o comando da 2ª Região Militar em São Paulo, o Clube 3 de Outubro passou a ser presidido por Pedro Ernesto Batista, que se manteve à frente da agremiação até meados de 1932, quando foi substituído por Gustavo Cordeiro de Farias. Após a Constituinte de 1934, o esvaziamento político do Clube, iniciado em meados de 1932, se acentou e em 15 de abril de 1935, por resolução dos próprios associados, a entidade foi dissolvida.

Análise da Documentação

DOCUMENTOS TEXTUAIS: o arquivo está organizado em 2 séries: DOCUMENTOS DIVERSOS E RECORTES DE JORNAIS. A maior parte do material é constituída das fichas de inscrição dos sócios do Clube, além de dois manifestos e relações de sócios. Período abrangido: 1931-1935. DOCUMENTOS AUDIOVISUAIS: as fotografias referem-se a reuniões e atividades desenvolvidas pelos membros do Clube 3 de Outubro. Período abrangido: 1931-1972. DOCUMENTOS IMPRESSOS: programa e os estatutos do Clube 3 de Outubro. Período abrangido: 1932-1934.

Descrição do Conteúdo das Séries

Diversos
1932 a 1933 874

Fotografias
1922 a 1968 8