Imagens do Acervo

  • Retrato de Lindolfo Collor. S.l., entre 1913/1914. (Arq. LC foto 050)

  • Lindolfo Collor e sua família. Porto Alegre (RS), 1922. (Arq. LC foto 004)

  • Lindolfo Collor (assinando documento) e outros, por ocasião da fundação do Albergue Noturno. S.l., 03/10/1931. (Arq. LC foto 038/1)

  • Lindolfo Collor trabalha em seu gabinete no Ministério do Trabalho, Indústria e Comércio. Rio de Janeiro, 1931. (Arq. LC foto 053)

  • Lindolfo Collor no interior do Rio Grande do Sul, durante o Movimento Constitucionalista de 1932. (Arquivo LC foto 054)

  • Lindolfo e Hermínia Collor (no centro) por ocasião de seu retorno do exílio, rodeados por Borges de Medeiros, Batista Luzardo e outros. Rio de Janeiro, set/1934.(Arq. LC foto 042)

  • Comentários de Lindolfo Collor sobre a candidatura do Brasil a um posto permanente no conselho da Liga das Nações. Rio de Janeiro, 1926. (327(81) C714b Bb/Cpdoc)

  • Coletânea de discursos e manifestos pronunciados e publicados por Lindolfo Collor entre 1936 e 1937. Porto Alegre (RS), 1937. (82-5 C714d Bb/Cpdoc)

Lindolfo Collor

Sigla: LC

Dados Biográficos

Titular: Lindolpho Leopoldo Boeckel Collor

Filiação: João Boeckel e Leopoldina Schreiner Boeckel

Nascimento: 4/2/1890, São Leopoldo, RIO GRANDE DO SUL, Brasil

Cônjuge: Hermínia de Sousa e Silva Collor

Falecimento: 21/9/1942, Rio de Janeiro, RIO DE JANEIRO, Brasil

Principais Atividades

  • Diretor, A Federação 1919,1919
  • Deputado estadual, Partido Republicano Riograndense 1921,1923
  • Deputado federal, Partido Republicano Riograndense 1923,1930
  • Redator-chefe, O País 1923,1923
  • Ministro de Estado, Ministério do Trabalho, Indústria e Comércio 1930,1932
  • Revolucionário, Revolução Constitucionalista de 1932 1932,1932
  • Diretor, Companhia Sul América de Seguros 1934,1935
  • Secretário estadual, Secretaria de Fazenda do Rio Grande do Sul 1936,1936
  • Fundador, Partido Republicano Castilhista 1937,1937

Outras Atividades

Um dos articuladores da Aliança Liberal e redator de seu programa (1929); correspondente dos Diários Associados na Guerra do Chaco (1933); escreve artigos sobre a Segunda Guerra Mundial para o "Diário de Notícias" do Rio de Janeiro (1939-1940). Autor de diversas obras, entre as quais, "Garibaldi e a Guerra dos Farrapos" (1938), "Europa 1939" (1941) e "Sinais dos tempos" (1942).

Documentos Textuais

  • Manuscritos - 4141

Documentos Impressos

  • Livros - 36
  • Periódicos - 14
  • Exemplares de Periódicos - 17
  • Artigos de Periódicos - 1

Documentos Audiovisuais

  • Iconografia
    • foto - 151
    • cartão postal + foto - 9

Análise da Documentação

DOCUMENTOS TEXTUAIS: o arquivo está organizado em 6 séries: DOCUMENTOS PESSOAIS, CORRESPONDÊNCIA, PRODUÇÃO INTELECTUAL, TRABALHOS DE TERCEIROS, RECORTES DE JORNAIS E DOCUMENTOS COMPLEMENTARES. O material reúne informações sobre a carreira literária e jornalística de Lindolfo Collor. Os registros relativos ao período de 1924 a 1929 tratam da política externa brasileira, em especial do convênio Brasil-Uruguai, firmado em 1925, e da entrada do Brasil para a Liga das Nações, em 1926. Encontram-se também subsídios sobre a política estadual gaúcha. Estão retratados no arquivo a Revolução de 1930 e seus antecedentes, a gestão de Lindolfo Collor no Ministério do Trabalho, Indústria e Comércio e a Revolução Constitucionalista de 1932. Encontram-se numerosos documentos referentes às eleições de 1934, à tentativa de pacificação política no Rio Grande do Sul em 1936, à nomeação de Lindolfo Collor para a Secretaria de Fazenda do Rio Grande do Sul, à formação e atuação do Partido Republicano Castilhista e à sucessão presidencial de 1937. Período abrangido: 1827-1971. DOCUMENTOS AUDIOVISUAIS: os documentos referem-se à colônia agrícola de Clevelândia, no Amapá, aos revolucionários da Coluna Prestes e presos comuns deportados para este local. Existem ainda fotografias da Fábrica Santana da Companhia Nacional de Tecidos de Juta, em 1931, e da Guerra do Chaco, em 1933, além de fotos familiares, de sua atuação na pasta do Trabalho, entre outras. Período abrangido: 1914-1942. DOCUMENTOS IMPRESSOS: o material inclui coleções do jornais "A Federação", de Porto Alegre, e "O País", do Rio de Janeiro, além de 19 trabalhos de autoria de Lindolfo Collor sobre a história política do Rio Grande do Sul e a política externa brasileira na região do Prata. Período abrangido: 1900-1958.

Descrição do Conteúdo das Séries

Correspondência
1827 a 1942 3768

Documentos complementares
1913 a 1969 13

Documentos pessoais
1891 a 1960 148

Fotografias
1913 a 1969 160

Produção intelectual
1911 a 1941 168

Trabalhos de terceiros
1830 a 1945 44