Imagens do Acervo

  • Cerimônia de posse de Luís Simões Lopes na presidência do DASP. Rio de Janeiro, ago/1938. (Arq. LSL foto 003)

  • Getúlio Vargas, Oswaldo Aranha, Luís Simões Lopes (atrás de Getúlio Vargas), Sousa Costa: Mendonça Lima e outros num banquete. 29 out.1941, Rio de Janeiro (GV foto 121-2)

  • Luís Simões Lopes na sala da diretoria da Fundação Getúlio Vargas. Rio de Janeiro, 02/10/1981. (Arq. LSL foto 008)

  • Nomeação de Luiz Simões Lopes para o cargo de Oficial-de-Gabinete de Getúlio Vargas em 05/11/1930.

  • Luiz Simões Lopes (ao centro) na 1ª Olimpíada dos Servidores Públicos. Rio de Janeiro, 1944.

  • Luiz Simões Lopes (segurando folheto), José Caminha Muniz, Arízio Vianna e Manoel Pio Corrêa Júnior, na comemoração do 14º aniversário do DASP. 30/07/1952.

  • Luiz Simões Lopes, o presidente Café Filho e outros, em almoço oferecido aos membros da Comissão Consultiva de Administração Pública - CCAP. 06/06/1955.(Arq. LSL)

Luiz Simões Lopes

Sigla: LSL

Dados Biográficos

Titular: Luiz Simões Lopes

Filiação: Ildefonso Simões Lopes e Clara de Sampaio Simões Lopes

Nascimento: 2/6/1903, Pelotas, RIO GRANDE DO SUL, Brasil

Cônjuge: Regina Quentel Simões Lopes

Falecimento: 20/2/1994, Rio de Janeiro, RIO DE JANEIRO, Brasil

Formação Acadêmica

  • Ensino Superior (graduação), Engenharia, Escola Mineira de Agronomia e Veterinária, Belo Horizonte, 1924

Principais Atividades

  • Oficial de gabinete, Secretaria da Presidência da República 1930,1937
  • Presidente, Departamento Administrativo do Serviço Público-DASP 1938,1945
  • Presidente, Fundação Getulio Vargas 1944,1992
  • Diretor, Carteira de Exportação e Importação do Banco do Brasil 1951,1952
  • Presidente, Sociedade Nacional de Agricultura 1960,1979

Outras Atividades

Em 1934 e 1936, foi representante do Brasil nas assembléias gerais do Instituto Internacional de Agricultura, na Itália. Em 1939, participou como assessor da Missão Aranha que tratou das relações econômicas, militares e políticas entre o Brasil e os Estados Unidos; de 1939 a 1945, presidiu a Comissão de Orçamento da República; em 1949 integrou o International Civil Service Advisory Board, órgão da ONU; em 1950 atuou como secretário geral do Comitê Nacional Pró-Getúlio Vargas; em 1952 integrou a Comissão Nacional de Política Agrária; de 1951 a 1954 foi membro da Comissão Nacional de Política Agrária - CNPA; de 1952 a 1956 presidiu a Comissão Consultiva de Administração Pública - CCAP; em 1953 passou a fazer parte do conselho técnico consultivo da Confederação Nacional do Comércio - CNC; em 1954 participou como consultor de desenvolvimento econômico da delegação brasileira na Conferência dos Ministros da Fazenda ou Economia das Américas; de 1954 a 1990 foi presidente do conselho da administração do Instituto Brasileiro de Administração Municipal - IBAM; em 1956 presidiu a Comissão de Estudos e Projetos Administrativos - CEPA, do governo Juscelino Kubitschek; de 1956 a 1973, assumiu diversas posições na Refinaria e Exploração de Petróleo União S.A.; em agosto de 1961 integrou a delegação brasileira à Conferência de Punta del Este; de 1961 a 1964, representou o governo brasileiro na coordenação e execução do Ponto IV, programa de cooperação técnica entre os Brasil e os Estados Unidos; de 1963 a 1972, foi diretor da Companhia Moinho Fluminense Indústrias Gerais; de 1964 a 1968 atuou como vice-presidente da Associação de Programação Econômica e Social - ANPES; em 1966, tornou-se membro do conselho superior da Fundação Brasileira para a Conservação da Natureza - FBCN e presidente do conselho de desenvolvimento da Companhia Progresso do Estado da Guanabara - COPEG; de 1967 a 1968 foi presidente da Associação Nacional de Bancos de Investimento e Desenvolvimento - ANBID; de 1967 a 1990, assumiu diversos cargos na Comissão Mista Brasileiro-Uruguaia para o Desenvolvimento da Bacia da Lagoa Mirim; de 1971 a 1978, foi presidente dos conselhos deliberativo e consultivo do Comind Banco de Investimento; em 1975, assumiu a direção da Makro Atacadista S.A.

Documentos Textuais

  • Manuscritos - 6161

Documentos Impressos

  • Livros - 101
  • Periódicos - 27
  • Exemplares de Periódicos - 70
  • Artigos de Periódicos - 20

Documentos Audiovisuais

  • Iconografia
    • cartão postal - 25
    • foto - 950
    • imagem impressa - 17
  • Som
    • disco - 12

Análise da Documentação

DOCUMENTOS TEXTUAIS: o arquivo está organizado em 7 séries. O arranjo combinou séries formadas a partir de dois diferentes critérios: por tipo de documento e funcional. A série DOCUMENTAÇÃO PESSOAL E FAMILIAR (dpf) com cerca de 200 documentos, inclui nomeações, carteiras de identificação e títulos do eleitor, documentos referentes ao inventário do pai de Luiz Simões Lopes - Ildefonso Simões Lopes, recibos de gastos educacionais com seus filhos - Luiz Ildefonso Simões Lopes e João Simões Lopes, informações genealógicas da família Simões Lopes e cadernos escolares do titular. A série ATIVIDADES PÚBLICAS (apu) compreende 43 dossiês, somando por volta de 2600 documentos. Dentre os dossiês, podemos destacar o que reúne material sobre as preocupações de Luiz Simões Lopes com o meio ambiente e com a ecologia (LSL apu 1909.08.01); os documentos sobre as atividades de Luiz Simões Lopes ligadas a seu estado natal, o Rio Grande do Sul (LSL apu 1923.02.00); além daqueles relacionados às suas atividades como presidente do Conselho Federal do Serviço Público - CFSPC e do Departamento Administrativo do Serviço Público - DASP (LSL apu 1935.08.14), como presidente da Fundação Getúlio Vargas - FGV (LSL apu 1947.08.27), como diretor da Carteira de Exportação e Importação do Banco do Brasil - CEXIM (LSL apu 1947.09.23) e como representante do governo brasileiro na coordenação e execução do Programa de Assistência Técnica no Brasil, conhecido como Ponto IV (LSL apu 1957.07.18). A série ATIVIDADES PRIVADAS (apr) encontra-se dividida em 19 dossiês, totalizando cerca de 450 documentos, referentes à atuação de Luiz Simões Lopes em diversas empresas e instituições privadas, tais como o Banco da Indochina (LSL apr 1945.05.25), a Refinaria e Exploração Petróleo União S. A. (LSL apr 1955.09.12), a Ford Willys do Brasil (LSL apr 1964.03.05) e a Makro Atacadista Ltda (LSL apr 1972.11.01). A série DIVERSOS (d) compreende 9 dossiês, totalizando quase 800 documentos, relativos às homenagens, aos cartões e aos convites recebidos por Luiz Simões Lopes, além daqueles que dizem respeito às atividades filantrópicas e aos hobbies e negócios do titular ligados à cavalos, entre outros. A série CORRESPONDÊNCIA (c) soma por volta de 2000 documentos, e encontra-se dividida em duas subséries: Correspondência Diversa, que engloba os dossiês Correspondência Diversa e Correspondência Familiar Diversa, e Correspondente, que compreende a correspondência de um mínimo de 5 cartas trocadas entre Luiz Simões Lopes e diversos homens públicos, familiares e empresários, tais como Getúlio Vargas, Ildefonso Simões Lopes, Juscelino Kubitschek, João Hermes Pereira de Araújo, Oswaldo Aranha, Maurício Nabuco e Walter Moreira Sales. Na série PRODUÇÃO INTELECTUAL (pi) estão reunidos 250 discursos, textos e estudos de diversos autores. Além do próprio Luiz Simões Lopes, podemos encontrar outros nomes de destaque no cenário nacional, dentre eles, José Mindlin, Lucas Lopes, Raul Bopp e Roberto Campos. A série RECORTES DE JORNAIS (rj) compreende 14 pastas e 11 encadernados.

Descrição do Conteúdo das Séries

Atividade privada
1939 a 1991 412

Atividade pública
1909 a 1992 2611

Correspondência
1922 a 1992 1956

Discos
1937 a 1937 12

Diversos
1923 a 1994 756

Documentação pessoal e familiar
1891 a 1985 176

Fotografias
1865 a 1994 992

Produção intelectual
1907 a 1992 250