INDICAÇÕES BIBLIOGRÁFICAS

 

A análise de dados quantitativos

 

 

Valter Afonso Vieira

Pesquisador do Programa de Pós-graduação em Administração da Universidade Estadual de Maringá (PPA-UEM). valterafonsovieira@gmail.com

 

 

A cada momento, a análise de dados quantitativos gera novas opções de ferramentas e procedimentos e se manifesta relevante no avanço quanto à modelagem estatística aplicada para tratamento das informações. Pesquisas quantitativas no campo das Ciências Sociais Aplicadas oferecem cada vez mais um leque de opções para exame de hipóteses e análise dos dados. No âmbito dessa ampla gama de opções de análise dos dados, há análises hierárquicas, de múltiplos níveis, de mediação, de moderação, de efeitos indiretos e de processos condicionais. Cada perspectiva analítica tem sua importância para aferir com precisão os achados e as distintas aplicações nas diferentes pesquisas. Tem-se aqui um rol de referências relevantes, as quais foram elaboradas pelo professor Valter Afonso Vieira, pesquisador do Programa de Pós-graduação em Administração da Universidade Estadual de Maringá (PPA-UEM)..

 

 

INTRODUCTION TO MEDIATION, MODERATION, AND CONDITIONAL PROCESS ANALYSIS. A regressionbased approach.
Andrew F. H. (2013). New York: Guilford Press. 507 p.

O livro de Hayes é completo e aborda, além da mediação e moderação, tópicos que cobrem modelos complexos com tripla ou dupla mediação, efeitos condicionais e modelos com impacto indireto. É uma obra bem aceita e que ganhou espaço no campo. O ponto chave é a disponibilização de diversas macros disponíveis no website que podem ser inseridas em diversos pacotes estatísticos de dados, facilitando a análise e a interpretação.

 

 

DATA ANALYSIS USING REGRESSION AND MULTILEVEL/HIERARCHICAL MODELS.
Andrew Gelman e Jennifer Hill. (2007). Cambridge: Cambridge University Press. 648 p.

Com a utilização de modelos hierárquicos, esta obra descortina um campo ainda pouco estudado na análise de dados: a interpretação de dados por meio de múltiplos níveis. Dados de níveis diferentes de respostas, agregando-os em grupos de respondentes, ainda são pouco empregados nas pesquisas. Este é um livro bem completo, complexo e avançado para estudos dessa natureza. Normalmente, os capítulos utilizam de explicações teóricas e aplicações no campo, objetivando ilustrar os conceitos ao leitor.

 

 

INTRODUCTION TO STATISTICAL MEDIATION ANALYSIS.
David P. MacKinnon. (2008). London: Routledge. 488 p.

O livro inclui um CD explicativo e discute especificamente a análise de mediação na pesquisa, podendo ser aplicado em Ciências Sociais, Psicologia, Administração, Sociologia etc. Com linguagem simples e acessível, a obra traz diversos exercícios, apresenta exemplos e, como o foco é a mediação, não avança em outros temas relevantes como moderação e efeitos indiretos. Um dos pontos-chave é, por meio de gráfico, explicar a quantidade de variância gerada pelo efeito mediado.

 

 

DOING STATISTICAL MEDIATION AND MODERATION.
Paul E. Jose. (2013). New York: The Guilford Press. 336 p.

Este livro centra nos processos de mediação e moderação, apresentando não somente o aspecto histórico dessas análises, como também a técnica de John-son-Neyman da região de significância quando há moderação. Essa técnica pode ser aplicada nos casos em que pesquisadores encontram efeitos moderados, mas não apresentam em que momento tais efeitos são (não) expressivos. O autor aborda os conceitos de forma objetiva, usando exemplos concretos de suas pesquisas na área de Psicologia.

 

 

DISCOVERING STATISTICS USING IBM SPSS STATISTICS.
Andy Field. (2013). 4th edition. New York: Sage. 952 p.

Diferentemente das opções anteriores, este livro é mais completo em termos de análise de dados, não sendo específico para a mediação e moderação, uma vez que engloba diferentes perspectivas, exemplos práticos e ampla gama de ilustrações no site, as quais podem ser úteis para a execução de determinada disciplina. Especial destaque para os modelos multiníveis do último capítulo e para as análises logística e hierárquica.