AZEVEDO, TERTULIANO

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: AZEVEDO, Tertuliano
Nome Completo: AZEVEDO, TERTULIANO

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:

AZEVEDO, Tertuliano

*dep. fed. SE 1979-1983.

Tertuliano Azevedo nasceu em Neópolis (SE) no dia 17 de setembro de 1930, filho de Anísio Azevedo e de Jocabed Cardoso Azevedo.

Inspetor do Trabalho e chefe do Serviço de Fiscalização (1953), bacharelou-se em ciências jurídicas e sociais pela Faculdade de Direito de Sergipe (1957). Tornou-se assistente jurídico e delegado do Trabalho em Sergipe (1961-1964), desempenhando cumulativamente as funções de juiz do Tribunal Regional Eleitoral. Transferido para o Rio de Janeiro e lotado na Serviço de Fiscalização do Trabalho do Estado da Guanabara (1966-1968), foi fiscal do Instituto Nacional de Previdência Social e instrutor dos cursos promovidos pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) em Sergipe (1975-1976).

Presidente do diretório regional do Movimento Democrático Brasileiro (MDB), partido de oposição ao regime militar instaurado no país em abril de 1964, elegeu-se deputado federal nas eleições de novembro de 1978. Assumiu o mandato em fevereiro de 1979 e, com a extinção do bipartidarismo em novembro, e a consequente reformulação partidária, filiou-se ao Partido Popular (PP). Membro titular das comissões de Trabalho e Legislação Social, do Interior e da comissão parlamentar de inquérito que investigou as causas e consequências das cheias do rio São Francisco, foi também suplente da Comissão de Transportes. Discordando da incorporação do PP ao Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) em fevereiro de 1982, ficou sem partido e não concorreu à reeleição em novembro. Deixou a Câmara dos Deputados ao término da legislatura, em janeiro de 1983.

Em março de 1983, quando João Alves Filho tomou posse no governo de Sergipe, ocupou a Secretaria de Justiça, Trabalho e Ação Social (1983-1985). Trandferiu-se depois para a Secretaria de Administração (junho/setembro de 1985) e em seguida para a de Assuntos Parlamentares. Nomeado em setembro de 1986 conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, foi sucessivamente presidente (1991-1992), corregedor geral (1997-1998) e vice-presidente (1999-2000) do órgão, deixando o cargo de conselheiro logo após deixar a vice-presidência. 

Casado com Maria Bernadete Fontes Azevedo, teve cinco filhas. Uma delas, Suzana Azevedo, elegeu-se deputada estadual em Sergipe na década de 2000.

 

FONTES: CÂM. DEP. Deputados brasileiros. Repertório (1979-1983); CINFORM Digital. Disponível em: <http://www.cinform.com.br/noticias/1132009114471873>. Acesso em: 21 maio 2009; Globo (12/4/81); INF. BIOG.; Jornal do Brasil (27/11/79).

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados