GUEDES, JAIME FERNANDES

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: GUEDES, Jaime Fernandes
Nome Completo: GUEDES, JAIME FERNANDES

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
GUEDES, JAIME FERNANDES

GUEDES, Jaime Fernandes

*pres. DNC 1938-1944.

 

Jaime Fernandes Guedes nasceu em São Luís de Cáceres, atual município de Cáceres (MT), no dia 7 de setembro de 1899.

Funcionário do Banco do Brasil, foi designado em outubro de 1935 chefe de inspeção dos serviços do Departamento Nacional do Café (DNC), mais tarde Instituto Brasileiro do Café (IBC). Foi também encarregado de presidir a comissão de inquérito administrativo na agência de Santos, com poderes para dirigir seu serviço.

Com o advento do Estado Novo em novembro de 1937, ocupou interinamente a presidência do DNC — em substituição a Luís Piza Sobrinho —, cargo em que veio a ser efetivado no ano seguinte. Dedicou-se inicialmente à reforma do departamento, bem como ao saneamento de suas dívidas. Desvinculado dos cafeicultores paulistas, seguiu a política definida pela Conferência do Café, realizada em Havana em agosto de 1937 — a chamada política agressiva do café —, tomando medidas para vender a maior quantidade possível do produto. Em 1939, um grupo de agricultores — a Comissão de Lavradores — enviou um memorial ao presidente Getúlio Vargas manifestando seu desacordo com a política de baixa de preços e de quota de sacrifício instituída em 1932. Essa quota consistia na arrecadação, pelo governo, de uma percentagem sobre o café exportado, que poderia ser armazenado ou queimado. Contudo, em maio desse mesmo ano um relatório do DNC reafirmaria a política definida pelo governo.

Com a eclosão da Segunda Guerra Mundial ainda em 1939 e a conseqüente queda vertiginosa dos preços do café, a política cafeeira, seguida até então com relativo sucesso, passou a sofrer uma oposição crescente. Em 1940, a situação do produto foi agravada pelas chuvas, e o governo decidiu aumentar para 25% a quota de sacrifício, além de impor uma cota suplementar de 30% aos cafeicultores de São Paulo, que logo reagiram à medida. Dois anos depois, pressionado pelos produtores paulistas, o DNC diminuiu a quota de sacrifício da safra 1942-1943, parcialmente estragada pela geada. Em 1943, atingidos por nova geada, e com a queda nos preços ocasionada pela assinatura dos acordos de Washington (1942), os cafeicultores conseguiram que Vargas extinguisse a quota de 15% estabelecida para a safra 1943-1944. Em dezembro de 1944 Jaime Fernandes Guedes foi exonerado da presidência do DNC, sendo substituído por Ovídio de Abreu. Nesse mesmo mês foi designado para presidir a comissão mista de aquisição da United Nations Relief and Rehabilitation Agency (UNRRA) no Brasil.

Faleceu no dia 2 de novembro de 1974.

Foi casado com Helena Gurgel Guedes, com quem teve cinco filhos.

 

 

FONTES: CARONE, E. Estado; CONSULT. MAGALHÃES, B.; CURRIC. BIOG.; INST. BRAS. CAFÉ.

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados