MOREIRA, Laurez

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: MOREIRA, Laurez
Nome Completo: MOREIRA, Laurez

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
MOREIRA, Laurez

MOREIRA, Laurez

*dep. fed. TO 2007-2011; 2011-2013.

Laurez da Rocha Moreira nasceu na cidade de Dueré (TO), em 03 de julho de 1957, filho de Juarez Rodrigues Moreira e Laurinda da Rocha Moreira. Seu pai foi vereador e prefeito de Dueré na década de 1970.

Diplomou-se bacharel em Direito na Faculdade Anhanguera de Ciências Humanas, em Goiânia (GO), em 1980.  Depois de formado, assumiu as funções de procurador dos municípios tocantinenses de Alvorada, Dueré, Brejinho de Nazaré, Fátima e Figueirópolis. Em 1990 tornou-se procurador do Estado do Tocantins. Em 1999 terminou o curso de especialização em Política e Estratégia Nacionais, promovido pela Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra (ADESG), em convênio com a Universidade do Tocantins (UNITINS).

Entrou para a vida política em 1980, quando se filiou ao Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB). Dois anos depois foi eleito vereador por Dueré, pela legenda do PMDB. Em 1987, se filiou ao Partido Progressista (PP).

Em 1994, elegeu-se Deputado Estadual por Tocantins, na legenda do Partido Progressista (PP). Deixou a Assembléia legislativa local ainda no primeiro ano de mandato para assumir o cargo de Secretário de Estado da Indústria, Comércio e Turismo do Estado de Tocantins (1995-1996), no primeiro governo de Siqueira Campos no estado (1995-1999). Em 1995 passou a ser membro da Executiva do Diretório Nacional do PP, na qual ficaria pelos dez anos seguintes. Entre 1996 e 2000, exerceu, ainda, o cargo de Tesoureiro do Diretório Regional do PP de Tocantins.

A partir de 1997, reassumiu seu cargo na Assembléia Legislativa do Tocantins, da qual se tornou Primeiro Secretário. Em 1998 reelegeu-se Deputado Estadual pela legenda do PP. Nesta legislatura tornou-se Líder do Governo em 2000, e Vice-Líder em 2001. Nas eleições estaduais de 2002, foi reeleito para o seu terceiro mandato como deputado estadual no Tocantins.  No ano seguinte reassumiu o encargo de Primeiro Secretário na Assembléia Legislativa, e tornou-se Presidente do Diretório Regional do PP de Tocantins. Entre 2004 e 2005, foi Líder da Bancada do Partido Progressista na Assembléia Legislativa do Tocantins e, em 2005, foi, também, Líder do Governo nesta casa.

Em 2005, após entrar em desacordo com a orientação nacional do PP, por apoiar a reeleição do governador Marcelo Miranda (PMDB), em oposição à candidatura do ex-governador Siqueira Campos (PSDB), rompeu com aquele partido e filiou-se ao Partido da Frente Liberal (PFL), legenda pela qual foi eleito Deputado Federal nas eleições de 2006.

Em 2007 foi um dos protagonistas na polêmica sobre a fidelidade partidária. Neste ano, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu impor a fidelidade de filiação partidária para os políticos eleitos para os cargos legislativos, em âmbito nacional. Após a decisão do TSE de estipular que o mandato pertencia ao partido, e não ao candidato, os deputados eleitos em 2006 que mudaram de legenda após a estipulação, deveriam devolver seu mandato ao partido de eleição. Laurez Moreira, eleito pelo PFL, se transferira para o Partido Socialista Brasileiro (PSB),  antes mesmo de ser empossado, em março de 2007. Entretanto, por ter mudado de legenda ainda antes da decisão do Tribunal, manteve seu mandato. Em 2008, tornou-se presidente estadual do PSB.

Na Câmara dos Deputados foi titular das Comissões Permanentes de Desenvolvimento Urbano (2007-2008) e de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio (2008-2009).

Concorreu à reeleição em Outubro de 2010 e obteve êxito, com 39.658 votos. No novo mandato, iniciado em Fevereiro de 2011, foi titular nas Comissões de Integração Nacional, Desenvolvimento Regional e da Amazônia e na de Viação e Transportes, além de ter sido vice-líder do PSB e do bloco formado por PSB, PTB e PC do B. Em 2012, tornou-se também coordenador da bancada tocantinense no Congresso Nacional.

Nas eleições municipais de 2012, foi candidato à prefeitura de Gurupi. Eleito com 22.350 votos, renunciou ao cargo de deputado para assumir a prefeitura em Janeiro de 2013.

Em 2003, foi condecorado com a Ordem do Mérito do Estado do Tocantins.

Casou-se com Filomena Maria Salim Moreira, com quem teve três filhos.

 

FONTES: CÂM. DEP. Deputados brasileiros (2007-2011); Portal da Câmara dos deputados. Disponível em: <http://www2.camara.gov.br>. Acesso em 02/12/2013. Portal Conexão Tocantis (11/12/2007 e 07/10/2008). Disponível em: <http://conexaoto.com.br>. Acesso em 31/08/2009; Portal do Correio Braziliense (21/05/2006). Disponível em: <http://www.correiobraziliense.com.br>. Acesso em 31/08/2009; Portal da Folha de S. Paulo. Disponível em: <http://www.folha.uol.com.br> Acesso em 31/08/2009; Portal pessoal do dep. fed. Rodrigo Rollemberg. Disponível em: <http://www.rollemberg.com.br>. Acesso em 31/08/2009; Portal da Secretaria da Comunicação do Estado do Tocantins (26/04/2004 e 02/02/2005). Disponível em: <http://web.secom.to.gov.br>. Acesso em: 31/08/2009; Portal da Tribuna do Planalto (04/08/2009). Disponível em: <http://www.tribunadoplanalto.com.br>. Acesso em 31/08/2009; Portal do Tribunal Superior Eleitoral. Disponível em: <http://www.tse.jus.br>. Acesso em 02/12/2013,

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados