MOURY, Edgar

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: MOURY, Edgar
Nome Completo: MOURY, Edgar

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
PAULA, André de

MOURY, Edgar

* dep. fed. PE 2007 -

 

Edgar Moury Fernandes Sobrinho nasceu no Recife (PE), no dia 2 de janeiro de 1944, filho de Edson Moury Fernandes e Carmen de Andrade Fernandes. Seu pai foi deputado federal por Pernambuco em 1955-1959 e em 1967-1969. Outros membros da família a se destacar na política pernambucana foram seus tios Edgar Moury Fernandes e Edmar Moury Fernandes. O primeiro foi deputado federal pelo estado em 1948-1951 e em 1952-1954 e o segundo vereador em Recife, assim como seu filho Edmar Moury Fernandes Filho, que além de ter passado pela Câmara Municipal, foi Secretário do Trabalho e Ação Social do terceiro governo de Miguel Arrais (1987-1990).

Formou-se em Direito pela Faculdade do Recife em 1970.

Em 1964, aos 20 anos, Edgar Moury Sobrinho tornou-se chefe de gabinete do governador Paulo Guerra, que assumiu o mandato após Miguel Arrais ser deposto do governo estadual pelo Golpe Militar de 31 de março de 1964. Em 1966 filiou-se ao Movimento Democrático Brasileiro (MDB), partido de oposição ao novo regime. No pleito de 1966, elegeu-se por essa legenda deputado estadual em Pernambuco, mandato que voltaria a obter por mais três vezes ao longo de sua carreira.

Na Assembléia Legislativa de Pernambuco integrou o bloco de parlamentares que lutavam contra o regime militar, e durante cinco períodos exerceu a função de líder da bancada do MDB. Após a extinção do bipartidarismo, em 29 de novembro de 1979, o MDB deu lugar ao Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB), ao qual Edgar Moury se filiou.

Durante a segunda gestão de Miguel Arrais no Governo de Pernambuco (1987-1990), foi Secretário de Administração do Estado (1987-1988). Em 1993, durante o segundo mandato de Jarbas Vasconcelos como prefeito de Recife (1993-1997), foi nomeado Secretário Extraordinário da Prefeitura, cargo que exerceu até 1997. Em 1999, com Jarbas no governo do Estado (1999-2006), assumiu o posto de Secretário Extraordinário de Projetos Especiais de Pernambuco, onde permaneceu até 2006.

Após dezenove anos atuando no Executivo, retornou ao Legislativo como deputado federal ainda pela legenda do PMDB, eleito em 2006 com 87.499 votos, e assumindo pela primeira vez a cadeira em fevereiro do ano seguinte.

Na Câmara dos Deputados, participou como titular da Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público.

                Casou-se com Isolda, de quem se separou, e teve duas filhas.

 

FONTES: Diário de Pernambuco (online) 25 maio 2008. Disponível em : <www.diariodepernambuco.com.br>. Acesso em : 08 dez. 2008; Jornal do Commércio – Pernambuco (online) 2 nov. 2001 e 14 jun. 2007. Disponível em : <http://jc.com.br/>. Acesso em : 08 dez. 2008; Jornal do Commércio – Pernambuco (online) Cad.Esp. 80 anos (1919-1999). Disponível em : <http://www2uol.com.br/JC/_1999/80anos/especia l80htm>. Acesso em : 08 dez. 2008; Portal da Câmara dos Deputados. Disponível em : <www.camara.gov.br>. Acesso em : 08 dez. 2008; Site Edgar Moury.Disponível em : <www.edgarmoury.com>. Acesso em : 08 dez. 2008.

 

 

 

 

 

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados