TEOFILO RIBEIRO PIRES

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: PIRES, Teofilo
Nome Completo: TEOFILO RIBEIRO PIRES

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
PIRES, Teófilo

PIRES, Teófilo

* dep. fed.  MG 1963-1965 e 1966-1967.

 

Teófilo Ribeiro Pires nasceu em Coração de Jesus (MG) no dia 29 de março de 1916, filho do industrial e comerciante Luís Antônio Pires e de Maria Ribeiro Pires. Vários membros de sua família atuaram politicamente no interior mineiro, notadamente no município de Montes Claros e em sua cidade natal. Seu tio, Plínio Ribeiro dos Santos, foi deputado federal por minas Gerais de 1955 a 1959.

Realizou o curso secundário no Colégio Arnaldo, em Belo Horizonte e, em 1939, diplomou-se pela Faculdade de Medicina da Universidade de Minas Gerais (UMG), atual Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Após sua formatura, tornou-se médico sanitarista do estado, função que exerceria de 1940 a 1970.

Também jornalista, elegeu-se no pleito de outubro de 1954 deputado ao Legislativo mineiro na legenda do Partido Republicano (PR), assumindo o mandato em fevereiro do ano seguinte.  Reeleito em outubro de 1958, foi segundo-secretário e segundo-vice-presiden­te da Comissão Executiva da Assembléia de Minas Gerais, vice-presidente da Comissão de Trabalho e Ordem Social e líder da bancada de seu partido, além  de ter integrado como titular várias outras comissões da Casa.

Em outubro de 1962 elegeu-se deputado federal por seu estado, sempre na legenda do PR. Deixando a Assembléia mineira em janei­ro de 1963, assumiu sua cadeira na Câmara dos Deputados em fevereiro seguinte.  Em abril do mesmo ano tornou-se vice-líder do PR e do bloco parlamentar dos pequenos parti­dos, formado pelo Partido Democrata Cristão (PDC), o Partido Social Trabalhista (PST), o Movimento Trabalhista Renovador (MTR), o Partido Socialista Brasileiro (PSB), o Partido Rural Trabalhista (PRT) e o prórpio PR. Ainda em 1963, e também no ano seguinte, esteve presente às conferências da União Interparlamentar, realizadas, respectivamente, em Lausanne, Suíça, e em Washington, nos Estados Unidos.    

Em agosto de 1965 deixou a Câmara dos Deputados para assumir a Secretaria de Saúde de Minas Gerais durante o governo de José de Magalhães Pinto (1961-1966). Sua vaga na Câmara foi ocupada pelo suplente Ciro Maciel. Com a extinção dos partidos políticos pelo Ato Institucional n°. 2 (27/10/1965) e a posterior instauração do bipartidarismo, filiou-se à Ali­ança Renovadora Nacional (Arena), partido de sustentação ao regime militar instalado no país em abril de 1964.  Deixou o secretariado mineiro em janeiro de 1966 e elegeu-se em novembro suplente de deputado federal.  Encerrando seu mandato anterior em janeiro de 1967, não voltou à Câmara na legis­latura que então se iniciou. Como deputado federal, foi também membro da Comissão de Finanças da Câmara e líder da bancada do PR.

 Em novembro de 1970, elegeu-se suplente de deputado ao Le­gislativo mineiro, sempre na legenda da Arena, não chegando dessa vez tampouco a exercer o mandato. Em seguida, afastou-se da vida política. Aposentado pela Secretaria de Saúde de Minas Gerais em 1971, transferiu-se no ano seguinte para o Rio de Janeiro, onde passou a exercer a medicina. Posteriormente, aposentou-se pela previdência social.

Como jornalista, foi superintendente das rádios Guarani e Mineira, presidiu a Associação Mineira de Imprensa e ocupou o cargo de diretor-tesoureiro do Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Minas Gerais.

Além de vários discursos parlamentares, publicou as crônicas radiofônicas O nome do dia.

Casou-se com Lésia Deschamps, com quem teve seis filhos.

 

FONTES:  ANDRADE, F. Relação; ASSEMB. LEGISL. MG. Dicionário biográfico; CÂM. DEP.  Deputados; CÂM.  DEP.  Deputados bra­sileiros.  Repertório (6), CÂM.  DEP.  Relação nominal dos senhores; INF. BIOG.;  Rev.  Arq.  Públ.  Minei­ro (12/76); TRIB.  SUP.  ELEIT.  Dados (4, 6, 3 e 9).

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados