WILLIAM MANNING ROUNTREE

Ajuda
Busca

Acervos
Tipo
Verbete

Detalhes

Nome: ROUNTREE, William
Nome Completo: WILLIAM MANNING ROUNTREE

Tipo: BIOGRAFICO


Texto Completo:
ROUNTREE, WILLIAM

ROUNTREE, William

*diplomata norte-americano; emb. EUA no Brasil 1970-1973.

William Manning Rountree nasceu em Swainsboro, Estados Unidos, no dia 28 de março de 1917, filho de William Manning Rountree e de Clyde Branan Rountree.

Iniciou sua vida profissional em 1935 como auditor e contador do Ministério da Fazenda norte-americano, onde permaneceu até 1941. Nesse ano formou-se pela Universidade de Colúmbia e começou a trabalhar no serviço de orçamento do Escritório de Administração de Empréstimos e Arrendamento (LendLease). Deixou esse serviço em 1942, ao assumir o cargo de assistente-geral da direção das Operações Econômicas Americanas do Oriente Médio. Aí permaneceu até 1945, quando tomou-se administrador da Comissão de Inquérito Anglo-Americana sobre a Palestina e Problemas Relacionados. Em 1946 foi designado suplente de assistente da direção do Escritório dos Negócios do Oriente Médio e da África, estabelecido no Departamento de Estado, e no ano seguinte integrou a missão econômica americana na Grécia. Deixou o Escritório dos Negócios do Oriente Médio e da África em 1948 e tornou-se então suplente de assistente do embaixador norte-americano em Atenas, na Grécia, função que exerceu até o ano seguinte.

Foi vice-diretor do Escritório dos Negócios Gregos, Turcos e Iranianos entre 1949 e 1950, e seu diretor de 1950 a 1952. Neste último ano assumiu o cargo de vice-chefe da missão da embaixada norte-americana em Ancara, na Turquia, e em 1953 foi transferido para Teerã, no Irã. De volta a seu país, em 1955 tornou-se vice-assistente do secretário de Estado, cargo que exerceu até 1956, quando passou a assistente do secretário de Estado para os Negócios do Oriente Médio, Sul da Ásia e África.

Embaixador norte-americano no Paquistão de 1959 a 1962 e no Sudão de 1962 a 1965, neste último ano foi transferido para a África do Sul, onde desempenhou a mesma função até 1970. Em novembro desse ano assumiu o cargo de embaixador de seu país no Brasil, sucedendo a Charles Burke Elbrick, seqüestrado e libertado em troca de 15 presos políticos em setembro do ano anterior. Em maio de 1971 prestou depoimento na Comissão do Hemisfério Ocidental da Comissão de Relações Exteriores do Senado norte-americano. Nessa ocasião, esclareceu certos aspectos da política e dos programas dos Estados Unidos no Brasil, como o incentivo aos investimentos privados e estrangeiros, o reinvestimento dos lucros e sua repatriação e a assistência aos assuntos internos, solicitada pelo governo brasileiro. Durante sua permanência na embaixada reduziu a representação oficial norte-americana no Brasil.

Deixou o país em 1973, sendo substituído por John Crimmins.

Casou-se com Suzanne McDowall, com quem teve uma filha.

Faleceu em Novembro de 1995.

FONTES: CORRESP. EMB. EUA; MIN. REL. EXT. Lista diplomática; Who’s who in América with (1935).

 

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados