Antonio José Vallim Guerreiro

Entrevista

Antonio José Vallim Guerreiro

Entrevista realizada no contexto do projeto “Memória Histórica e Estratégica da Energia Nuclear no Brasil”, desenvolvido pelo CPDOC/FGV com financiamento da FINEP, entre setembro de 2009 e setembro de 2011. O projeto visa à criação de um banco de entrevistas com pessoas de grande expressão na história da energia nuclear no Brasil. Serão realizadas 100 horas de entrevistas, que resultarão na construção dos originais de um livro. O entrevistado é relevante e estratégico na Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA). Participou de negociações com a Argentina referentes à não proliferação de armas nucleares e de conversas com os EUA e em nível multilateral sobre não proliferação, desarmamento e segurança.
Forma de Consulta:
Entrevista em texto disponível para download.

Tipo de entrevista: Temática
Entrevistador(es):
Matias Spektor
Lucas Assis Nascimento
Tatiana Pedro do Coutto
Data: 6/1/2010
Local(ais):
Rio de Janeiro ; RJ ; Brasil

Duração: 1h50min

Dados biográficos do(s) entrevistado(s)

Nome completo: Antonio José Vallim Guerreiro
Nascimento: 4/8/1954; Madri; ; Espanha;

Formação: Instituto Rio Branco.
Atividade: Representate permanente do Brasil junto à Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA).

Equipe

Levantamento de dados: Tatiana Pedro do Coutto;Lucas Assis Nascimento;
Pesquisa e elaboração do roteiro: Lucas Assis Nascimento;

Transcrição: Katarina Wolter;

Conferência da transcrição: Hozana Beatriz Leite Cabral;Marina Monassa Mendes;

Técnico Gravação: Marcela Baptista Teixeira; Marco Dreer Buarque;

Temas

Barack Obama;
Brasil;
Conselho de Segurança da ONU;
Energia nuclear;
Estados Unidos da América;
Governo Fernando Henrique Cardoso (1995-1998);
Governo Fernando Henrique Cardoso (1999-2002);
Governo Luiz Inácio Lula da Silva (2003 - 2010);
Irã;
Militares;
Organização das Nações Unidas;
Política nuclear;
Programa Nuclear Brasileiro;
Relações internacionais;
Tratado de Não-Proliferação de Armas Nucleares (TNP);
Urânio;

Sumário

Entrevista: 06/01/2010

Retorno de Paris a Brasília e convite para chefiar Divisão de Desarmamento e Tecnologias Sensíveis; a ampliação da ABACC (Agência Brasileiro-Argentina de Contabilidade e Controle de Materiais Nucleares) e implementação do Acordo Quadripartite no Brasil (1994); o Brasil e o Tratado de não Proliferação (TNP); a posição dos EUA; fatores de não adesão do Brasil ao acordo; o impacto da não adesão do ponto de vista técnico e político; a adesão da Argentina ao TNP em 1995; o impacto da conferência de revisão do TNP e pressão de potências nucleares para lograr um acordo permanente; os fatores para adesão do Brasil em 1998 – questão política; protocolo adicional e posição do Brasil; o Acordo Quadripartite e a questão do acesso às instalações de tecnologia nuclear; o custo político de não assinar o protocolo adicional; a chefia da divisão de “Temas especiais” em 1998: espaço, Antártica, meio ambiente; o Comitê Brasil-EUA sobre assuntos militares e de segurança (grupo informal): temas abordados e Iraque; o convite para Direção Geral do Depto. De Organismos Internacionais em 2001; o Brasil e a reforma da ONU; a comparação governos Fernando Henrique Cardoso e Lula em relação à ocupação de assento permanente no Conselho de Segurança da ONU; a mudança de posição do Brasil a partir de 2003; a chegada à AIEA (Agência Internacional de Energia Atômica) em 2006; estrutura e orçamento da AIEA; comentários sobre a AIEA e o TNP; percepção dos demais países face ao programa nuclear brasileiro; a relação Brasil-Irã no contexto da AIEA; percepção dos demais membros da agência; o Brasil e a possibilidade de um Irã nuclear no futuro; A relação Irã – EUA – AIEA e o governo Obama; o enriquecimento de urânio e o episódio de Resende (2004); a dimensão nuclear da política de defesa nacional brasileira; desdobramentos do TNP; os prognósticos para a conferência de revisão do TNP em maio de 2010; Brasil e a coalizão “Nova Agenda”.
Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados