Lúcio Antônio Marques

Entrevista

Lúcio Antônio Marques

Entrevista realizada no contexto do projeto "Funenseg - 35 anos", na vigência com o contrato entre o CPDOC/FGV e a Fundação Escola Nacional de Seguros (Funenseg), entre julho de 2006 e fevereiro de 2007. O projeto visa à realização e tratamento de cerca de 40 (quarenta) horas de entrevistas de caráter histórico e documental sobre a história da Fundação Escola Nacional de Seguros (Funenseg). A escolha do entrevistado se justificou por ser considerado um ator fundamental para o resgate da história do seguro no Brasil.
Forma de Consulta:
Entrevista em texto disponível para download.
Entrevista em áudio disponível na Sala de Consulta do CPDOC.

Tipo de entrevista: Temática
Entrevistador(es):
Christiane Jalles de Paula
Fernando Lattman Weltman
Data: 3/10/2006
Local(ais):
Rio de Janeiro ; RJ ; Brasil

Duração: 2h12min

Dados biográficos do(s) entrevistado(s)

Nome completo: Lúcio Antônio Marques
Nascimento: 9/9/1944; Belo Horizonte; MG; Brasil;

Formação: Graduado em História e Administração de Empresas pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e pós-graduado pela Escola Superior de Guerra.
Atividade: Presidiu a BANERJ seguros. Vice-presidente do sindicato das seguradoras do RJ/ES e diretor da Cia. previdência do sul. É também Conselheiro do CVG-RJ, entidade que já presidiu. Membro suplente do conselho fiscal do IRB-Brasil resseguros. Conselheiro e ex-presidente do CVG-RJ.

Equipe

Levantamento de dados: Christiane Jalles de Paula;Fernando Lattman-Weltman;
Pesquisa e elaboração do roteiro: Christiane Jalles de Paula;

Transcrição: Lia Carneiro da Cunha;

Conferência da transcrição: Anna Carolina Costa;

Técnico Gravação: Marco Dreer Buarque;

Sumário: Mirna Aragão de Medeiros;

Temas

Administração;
Banco estadual;
Brasil;
Ciência e tecnologia;
Companhias de seguro;
Escola Superior de Guerra;
Estados Unidos da América;
Ética;
Formação profissional;
Fundação Escola Nacional de Seguros;
História;
Instituto de Resseguros do Brasil;
Mercado;
Planos econômicos;
Polícia;
Privatização;
Responsabilidade social;
Seguros;
Universidade Federal de Minas Gerais;

Sumário

Entrevista: 03.10.2006

Trajetória profissional no mercado de seguro: ingresso na Fortaleza Companhia Nacional de Seguros (1958) e breve comentário sobre a venda desta companhia, mudança para a Companhia de Seguros Previdência do Sul (1974), direção da Companhia de Seguros da Bahia (1982) e retorno para Previdência do Sul (1989- ), breve experiência enquanto diretor da seguradora do Banco do Estado do Rio de Janeiro (Banerj-1992); a opção pela graduação em História (Universidade Federal de Minas Gerais-1971) e posteriormente em Administração (Faculdade de Ciências Administrativas da Universidade de Negócios e Administração-1977); a pós-graduação na Escola Superior de Guerra (1979): o Plano Real (1994): estabilização econômica e o crescimento do mercado de seguro de pessoas; a necessidade de popularizar o vocabulário utilizado no meio do seguro; papel da Escola Nacional de Seguros (FUNENSEG); o Clube dos Seguradores e Banqueiros; fraude, Projeto Fronteira, fraudes no seguro obrigatório Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (DPVAT); o combate a fraude através da tecnologia; a relação entre o volume de fraudes pagas e as não pagas; fraudes nos Estados Unidos; a diminuição da incidência de fraudes no Brasil através da implantação do disque-denúncia; a cooperação entre o Estado e as Seguradoras: o Pátio Legal; crítica a estrutura da Polícia Militar; prova indiciária (análise do processo de fraude); breve panorama de iniciativas de parceria entre a polícia e o mercado de seguros do Rio de Janeiro; transformação da Federação Nacional das Empresas de Seguros Privados e de Capitalização (FENASEG) em Confederação; breve histórico da FENASEG; o debate para a transformação em Confederação, exceção seguradores do sul do país; história da Companhia de Seguros Previdência do Sul (1906): a venda para a SulAmérica (1973), sua compra pela Associação dos Profissionais Liberais Universitários do Brasil (APLUB-1974), a companhia hoje, a reestruturação (1991); a experiência em agência estatal: o convite, atuação e demissão do Banerj ; considerações positivas sobre a privatização do Banerj (1997); seguro na construção da Linha Vermelha (1992); o governo Collor (1990-1992); o crescimento do mercado de seguro no período de 1964 a 1995; a necessidade de aumentar o faturamento das seguradoras; privatização e quebra do monopólio do Instituto de Resseguros do Brasil (IRB, hoje IRB Re): centro internacional de resseguros no Rio de Janeiro; o papel do IRB no cenário atual; a formação do profissional do seguro; papel da FUNENSEG; novos desafios ao mercado de seguro: a responsabilidade social, o Código de Ética (2006) e a popularização da linguagem usada pelo mercado.

Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados