Luis Manuel Cerqueira de Brito

Entrevista

Luis Manuel Cerqueira de Brito

Entrevista realizada no contexto do projeto “Cientistas sociais de países de Língua Portuguesa: histórias de vida”, com financiamento do Programa de Cooperação em matéria de Ciências Sociais para os países da comunidade de Língua Portuguesa (Programa Ciências Sociais CPLP) do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). O projeto teve vigência de dois anos (2008/2009). Para ter acesso à transcrição e ao vídeo da entrevista clique aqui.
Forma de Consulta:
Entrevista em texto disponível para download.
Entrevista em vídeo disponível na Sala de Consulta do CPDOC e trechos no portal.

Tipo de entrevista: Temática
Entrevistador(es):
Guilherme Mussane
Data: 12/8/2008
Local(ais):
Maputo ; -- ; Moçambique

Duração: 0h55min

Dados biográficos do(s) entrevistado(s)

Nome completo: Luis Manuel Cerqueira de Brito
Nascimento: 1/1/0001; -; --; Moçambique;

Formação: Graduação em História pela Universidade Eduardo Mondlane [UEM], doutorado em Sociologia e Antropologia do Político, pela Universidade Paris VIII.
Atividade: Pesquisador do Centro de Estudos Africanos da Universidade Eduardo Mondlane e um dos criadores da Unidade de Formação e Investigação em Ciências Sociais da mesma universidade.

Equipe

Levantamento de dados: Guilherme Mussane;
Pesquisa e elaboração do roteiro: Guilherme Mussane;

Transcrição: Maria Izabel Cruz Bitar;

Conferência da transcrição: Carlos Subuhana ;

Técnico Gravação: Marco Dreer Buarque; Ítalo Rocha Viana;

Sumário: Tereza Azambuja;

Temas

Ciências Sociais;
Comunidade dos Países de Língua Portuguesa;
Formação acadêmica;
História;
História de vida;
Intercâmbio cultural;
Moçambique;
Partidos políticos;
Produção intelectual;
Sociologia;

Sumário

Entrevista: 12.08.2008

Trajetória acadêmica; comentários sobre o antigo Instituto de Investigação Científica e a fundação do Centro de Estudos Africanos (1976); o Doutorado em Antropologia e Sociologia do Político na Universidade Paris VIII, em 1992; a ideia de criação da Unidade de Formação e Investigação em Ciências Sociais (Ufics); a batalha pelo primeiro curso de Ciências Sociais moçambicano desde a década de 70 até sua criação em1995; a nova geração de cientistas sociais formados após a independência; as diferenças no campo das Ciências Sociais entre duas gerações: a anterior e a posterior ao Ufics; considerações a respeito de projetos e pesquisas; “a questão zimbabueana”, projeto de pesquisa desenvolvimento pelo Centro de Estudos Africanos na década de 70; menção aos estudos voltados para a economia política, que se iniciam a partir de 1977, com Ruth First; a pesquisa sobre a história da Frelimo; o estudo sobre os partidos políticos na década de 90 e o trabalho no Instituto Eleitoral da África Austral (Eisa); explicações sobre a crise da Ufics; avaliação das Ciências Sociais em Moçambique à época da entrevista: a questão das consultorias; a ideia da criação de redes de comunicação entre cientistas sociais; opinião com relação às Ciências Sociais no interior da Comunidade de Países de Língua Portuguesa; as dificuldades e insuficiência de interações entre os países; menção à algumas iniciativas da Comunidade, como a revista Lusotopie referência ao abandono da pesquisa sobre a sociologia do crime; crítica à dispersão existente entre os cientistas sociais em Moçambique e a necessidade de organizar uma associação; referência à escassa produção intelectual desta área no país.
Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados