Wesley Oliveira dos Santos

Entrevista

Wesley Oliveira dos Santos

Entrevista realizada no contexto do projeto “Memórias do Pronasci”, desenvolvido pela Fundação Getulio Vargas, através da FGV Projetos, em convênio com o Ministério da Justiça, entre agosto de 2008 e setembro de 2009. O projeto resultou na formação de um banco com cerca de 25h de entrevistas e um livro sobre o tema. O principal objetivo é registrar a memória das políticas públicas no Brasil contemporâneo, tomando por base experiências inovadoras da gestão do Estado. Está norteado por duas clivagens: o processo político (governo, agentes de segurança pública e representantes da sociedade civil - quem concebeu e/ou recebeu o Pronasci) e o processo técnico (o trabalho realizado pelo Ministério da Justiça e o monitoramento da FGV - ressaltando as técnicas e soluções empregadas).
Forma de Consulta:
Entrevista publicada em livro.
Referência completa: Segurança e cidadania: memórias do Pronasci: depoimentos ao Cpdoc/FGV/ Marieta de Moraes Ferreira e Ângela Britto (Orgs.).- Rio de Janeiro:Editora FGV, 2010.516p.:il.

Tipo de entrevista: Temática
Entrevistador(es):
Marieta de Moraes Ferreira
Angela Britto da Cunha
Data: 10/7/2009
Local(ais):
Rio de Janeiro ; RJ ; Brasil

Duração: 0h51min

Dados biográficos do(s) entrevistado(s)

Nome completo: Wesley Oliveira dos Santos
Nascimento: 1/2/1993; Rio de Janeiro; RJ; Brasil;

Formação:
Atividade: Jovem do Protejo (Projeto de Proteção dos Jovens em Território Vulnerável).

Equipe

Levantamento de dados: Angela Britto da Cunha;Marieta de Moraes Ferreira;
Pesquisa e elaboração do roteiro: Angela Britto da Cunha;Marieta de Moraes Ferreira;

Transcrição: Lia Carneiro da Cunha;

Conferência da transcrição: Angela Britto da Cunha;

Técnico Gravação: Marco Dreer Buarque;

Sumário: Katherine Nunes de Azevedo;

Temas

Ação Social;
Administração;
Assuntos familiares;
Bolsas de estudo e de pesquisa;
Cidadania;
Direitos individuais ;
Drogas;
Estrutura urbana;
Evasão escolar;
Favela;
Finanças;
Formação escolar;
Habitação;
História;
História de vida;
Igrejas protestantes;
Infância;
Informática;
Juventude;
Mulher;
Narcotráfico;
Programa de Aceleração do Crescimento;
Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania;
Projetos sociais;
Prostituição;
Rio de Janeiro (cidade);
Saneamento;
Segurança pública;
Vida cotidiana;
Violência;

Sumário

Entrevista: 10/7/2009

Idade e local onde reside; origens familiares; o estabelecimento da família no Complexo do Alemão, no Rio de Janeiro; lembranças sobre sua infância e a condição financeira dos pais; o trabalho desempenhado pelos pais e avós; os primeiros estudos na comunidade Nova Brasília, no Complexo do Alemão; as experiências de trabalho; comentários sobre a quase ausência de violência no Complexo do Alemão na época em que sua avó chegou à comunidade; a falta de amigos na escola devido a sua timidez; a inscrição nos cursos desenvolvidos pelo Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania – Pronasci; as pessoas que freqüentam as aulas; motivos pelos quais os jovens em situação mais difícil não entram no projeto; a experiência de estar fazendo o curso de administração oferecido pelo Pronasci; a alta taxa de desistência dos jovens nos cursos; a forma de controle de freqüência nos cursos; a importância do aprendizado sobre cidadania e reivindicações dos direitos dos cidadãos; a falta de segurança na comunidade de Nova Brasília; a preocupação das mães em relação ao uso de drogas feito pelos jovens; o problema da prostituição e do tráfico; comentários sobre a sua entrada desde infância na Igreja Evangélica; relatos sobre o estudo do segundo grau na escola estadual Herbert de Souza; os jovens que se drogam na escola; os cursos oferecidos em Nova Brasília; a implementação do Programa de Aceleração do Crescimento- PAC na comunidade; os problemas de infra estrutura: falta de saneamento básico; lembranças acerca de um episódio de extrema violência ocorrido em Nova Brasília; comentários sobre as mudanças que o PAC trouxe para sua família; o desejo de cursar faculdade de informática; as aquisições feitas com a bolsa que recebe do Pronasci: computador, internet; o curso de teologia e a importância da religião na vida do entrevistado;o interesse por história...................................................pp.459-469




Para enviar uma colaboração ou guardar este conteúdo em suas pesquisas clique aqui para fazer o login.

CPDOC | FGV • Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil
Praia de Botafogo, 190, Rio de Janeiro - RJ - 22253-900 • Tels. (21) 3799.5676 / 3799.5677
Horário da sala de consulta: de segunda a sexta, de 9h às 16h30
© Copyright Fundação Getulio Vargas 2009. Todos os direitos reservados